A história secreta da criatividade

Передня обкладинка
Sextante, 9 серп. 2016 р. - 288 стор.
Quando pensamos nos grandes inventores e gênios criativos, muitas vezes temos a impressão de que seus feitos são resultado de um momento de inspiração. Imaginamos que Mozart ouvia suas composições inteiras na mente antes de escrevê-las, que Einstein desenvolveu a Teoria da Relatividade durante uma conversa informal e que Kandinsky pintava suas obras numa única tarde. Mas, na verdade, a criação está longe de depender da sorte, da simples inspiração ou de algum dom especial. Em A história secreta da criatividade, o professor do MIT Kevin Ashton mostra que o processo criativo é lento, complexo, espinhoso e repleto de falhas, frustrações e recomeços. Por meio de histórias reais e inspiradoras – como a do menino de 12 anos que fez a produção mundial de baunilha crescer no século XIX, da mulher que realizou as primeiras descobertas sobre o DNA e dos irmãos Wright dominando a arte de voar –, Ashton explora algumas das grandes invenções da humanidade para revelar a surpreendente verdade por trás de sua concepção. Ao analisar a trajetória de grandes nomes das ciências, das artes e dos negócios, o autor mostra que a capacidade criativa é inerente ao ser humano. O que faz com que alguns deles se destaquem, no entanto, é um misto de perseverança, trabalho duro e dedicação. De Arquimedes à Apple, dos Muppets à latinha de Coca-Cola, esse livro é uma apaixonante investigação sobre o surgimento das ideias – e mostra que todos nós somos capazes de colocá-las em prática. "Ao desvendar os mistérios da invenção, Kevin Ashton mostra que a criatividade é mais o resultado de pequenos passos do que de saltos extraordinários. Com histórias fascinantes, estudos desafiadores e texto brilhante, este livro é imperdível." – Adam Grant, autor de Dar e receber "Kevin Asthon confronta os mais populares e nocivos clichês sobre a criatividade. Para fundamentar sua argumentação, ele se debruça sobre a história e a ciência social para desmascarar os mitos por trás da criação do iPhone, da descoberta de um tipo de tratamento para câncer e do humor presente nos filmes de Woody Allen. Ser gênio exige muito trabalho. Mas sua faísca existe em cada um de nós." – The Washington Post
 

Відгуки відвідувачів - Написати рецензію

Не знайдено жодних рецензій.

Зміст

Частина 1
Частина 2
Частина 3
Частина 4
Частина 5
Частина 6
Частина 7
Частина 8
Частина 22
Частина 23
Частина 24
Частина 25
Частина 26
Частина 27
Частина 28
Частина 29

Частина 9
Частина 10
Частина 11
Частина 12
Частина 13
Частина 14
Частина 15
Частина 16
Частина 17
Частина 18
Частина 19
Частина 20
Частина 21
Частина 30
Частина 31
Частина 32
Частина 33
Частина 34
Частина 35
Частина 36
Частина 37
Частина 38
Частина 39
Частина 40
Частина 41
Авторські права

Загальні терміни та фрази

Про автора (2016)

Kevin Ashton, pesquisador britânico do Massachusetts Institute of Technology (MIT), começou sua carreira na Procter & Gamble, onde comandou um trabalho pioneiro sobre identificação de produtos por radiofrequência e inventou a expressão "internet das coisas" (IoT, na sigla em inglês). É cofundador do Auto ID-Center no MIT e criador de três startups de sucesso. Seus textos sobre inovação e tecnologia foram publicados em veículos como The New York Times, The Atlantic, Quartz e Medium.com.

Бібліографічна інформація